Busca

Road trippin' w ma 2 fav allies

Tag

Realidade Virtual

RV e Ensino

Pra liberar espaço no meu dropbox comecei a vasculhar meu arquivos e apagar algumas coisas antigas. De repente, me deparo com dois vídeos de um projeto que havia feito no 3º período do meu curso, enquanto cursava a disciplina de Computação Gráfica e pesquisava no LabTEVE (temas relacionados a Realidade Virtual). #nostalgia

Trata-se do LabSEF: Laboratório para Simulação de Experimentos Físicos. (dava pra ser mais criativo com esse nome :P)

Enfim… sempre gostei de física, daí aproveitei a disciplina pra fazer uma navegação em um mundo virtual 3D de modo que o estudante pudesse simular alguns experimentos. Ah.. também dava pra navegar no ambiente com estereoscopia (aka visão 3D).

Paper: Um Laboratório Virtual Tridimensional e Interativo para Suporte ao Ensino de Física

 

Anúncios

Paper Accepted – Revista Informação & Sociedade

Paper resultante de nosso trabalho no LabTEVE para representação digital 3D do sítio arqueológico Itacoatiaras do Ingá.

Título: Iinformação Arqueológica de Ingá: preservação, acesso e uso a partir de um ambiente virtual

Resumo: A preservação do patrimônio histórico está associada a um conjunto de ações que envolvem governo e sociedade. Por meio do uso das tecnologias da informação e comunicação tornou-se possível reconstruir, registrar, divulgar e informar sobre sítios arqueológicos espalhados pelo mundo. Neste contexto, a distância deixou de ser um aspecto impeditivo e sistemas computacionais conectados à rede mundial de computadores permitem estender o acesso a sítios arqueológicos para difundir conceitos de sustentabilidade, preservação e valor histórico, dentre outros. Neste artigo é apresentado um trabalho realizado com o sítio arqueológico Itacoatiaras do Ingá, localizado na cidade de Ingá, no estado da Paraíba, Brasil. A partir da coleta de informações, foi realizado um estudo para categorizar tais informações e compor um ambiente tridimensional multimídia voltado à visitação virtual. Para isto foi reunida uma equipe multidisciplinar para desenvolver um sítio virtual voltado à divulgação do sítio arqueológico Itacoatiaras do Ingá por meio de um cenário tridimensional composto por imagens, textos e entrevistas sobre o local, sua história e suas estórias.

http://www.ies.ufpb.br/ojs/index.php/ies/article/view/13777

http://www.ies.ufpb.br/ojs/index.php/ies/article/download/13777/8217

Trabalho de Conclusão de Curso

Abaixo meu TCC sobre o desenvolvimento de um museu virtual 3D para acesso através da Internet: o Museu3I.

Museu3I disponível para navegação na Web

Museu3I (Imersivo, Interativo e Itinerante) disponível para acesso através da Web.
Este foi o resultado do meu último projeto Pibic intitulado por “Publicação e Acesso a Conteúdos 3D pela Web”.

Online em: Museu3I (disponível das 8h – 18h)
Requisitos de instalação: java(JRE) – (mais info.)
@LabTEVE: http://www.de.ufpb.br/~labteve/projetos/xpta_museus.html

Sobre o projeto:

Este projeto visa desenvolver infra-estrutura para distribuição de conteúdo tridimensional cultural relevante através de museus virtuais. Para tanto, foi desenvolvida uma plataforma para exposições virtuais onde as primeiras peças e coleções a estão expostas.

Arquitetura.
Arquitetura.

Com esta arquitetura é possível publicar rapidamente exposições, disponibilizando informação e propiciando difusão cultural. A arquitetura é composta por dois módulos: curador e visitante. O módulo curador permite a composição e publicação das exposições na Base de Acervos.

Adicionalmente foi utilizado um scanner 3D para digitalizar as obras reais e transformá-las em acervos do Museu 3I. É necessário que a peça escaneada passe por um processo/algoritmo de redução da malha poligonal, já que a mesma será transmitida remotamente.

Escaneamento 3D do Crânio
Escaneamento 3D do Crânio

Três acervos foram produzidos, mas apenas dois encontram-se disponível para visitação: Deformações de Arcadas Dentárias, Arqueologia Paraibana, Corpo Humano (indisponível temporariamente).

Acervos: Arqueologia Paraibana, Deformações de Arcadas Dentárias, Corpo Humano.
Acervos: Arqueologia Paraibana, Deformações de Arcadas Dentárias, Corpo Humano.

Já o módulo visitante pode ser utilizado via Web por pessoas que desejem visitar o museu virtual, permitindo-lhes escolher acervos, visualizá-los e interagir com as suas peças.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Publicação [WRVA – 2010] – Concepção e fase inicial do projeto: http://www.de.ufpb.br/~labteve/publi/2010_wrva3.pdf

Paper Accepted – SVR 2011

Title: Multiprojeção por Clusterização de Visualização de Ambientes Virtuais com o Xj3D

Resumo:

Sistemas de multiprojeção visam particionar a imagem de modo a oferecer diferentes configurações de visualização em mais de um monitor. O presente trabalho tem como objetivo apresentar uma solução de multiprojeção para visualização de ambientes virtuais tridimensionais no padrão X3D. Utilizando o browser Xj3D, de código aberto, em conjunto com a LibGlass, é apresentado o resultado obtido com a descrição das etapas de desenvolvimento.

Abstract:

Multiprojection systems aims the partition of images to offer different visualization configurations into multiple displays. This work has as goal to present a solution for multiprojection of virtual environments developed following the X3D standard. Thus, the description of steps necessary is presented for the use of the Xj3D, an open source browser, with the LibGlass for visualization clustering.

http://www.lbd.dcc.ufmg.br/bdbcomp/servlet/Trabalho?id=12458
http://www.lbd.dcc.ufmg.br/colecoes/svr/2011/0010.pdf

Desenvolvimento de um simulador 3D para a cadeira de Arquitetura

Hoje foi apresentado (Erick) nosso trabalho sobre o simulador 3D para o ensino da arquitetura de processadores…

Decidi escrever um pouco porque achei a experiência bastante interessante.
O prof. Hamilton achou de fato um meio com que nós aprendêssemos de forma eficaz o que ele estava ensinando. Nos pediu para que fizéssemos uma aplicação gráfica para a simulação do funcionamento do processador. E isto realmente nos forçou a aprender o funcionamento dos processadores, sendo que de maneira mais prazerosa (pelo menos pra mim).

Primeiro foi preciso escolher que tecnologias utilizar, levando em conta facilidade de desenvolvimento e poder da linguagem. Daí sugeri utilizarmos o X3D, pois tem uma fácil integração com java que nos permite adicionar interatividade a cenários 3D. Então, fiquei encarregado de dar uma mini-aula, mostrando como se construía modelos 3D com a linguagem, e como se adicionava interação com a mesma. (Slide da apresentação abaixo.)

Desse ponto, dividi a modelagem dos registradores & cia entre alguns colegas, e fiquei encarregado de montar a animação de uma instrução para que servisse de modelo para os outros poderem fazer outras instruções. Neste meio tempo, alguns erros foram cometidos quanto ao funcionamento da animação, acredito que fizemos uma 2 animações erradas. Inicialmente achávamos que sabíamos o que era o pipeline do processador, mas só depois que mostramos uma animação ao professor, ele nos apontou onde estávamos errando.

Enfim, conseguimos gerar uma versão desktop (figuras abaixo), feita em java com algumas instruções prontas, sem e com pipeline. Nosso próximo passo, é fazer uma integração na Web da aplicação, via applets. E por último, fazer um upgrade para que o usuário possa escolher uma lista de intruções a ser processadas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Xpta.Labs

A 1ª Feira de Inovação Técnológica Audiovisual – XPTA.LAB acontece de 3 a 5 de abril na Cinemateca Brasileira (São Paulo). Trata-se do resultado do edital Programa Laboratórios de Experimentação e Pesquisa em Tecnologias Audiovisuais – XPTA.LAB, lançado em 2009 pelo Ministério da Cultura, através da Secretaria do Audiovisual, em parceria com a Secretaria de Políticas Culturais e com apoio da Sociedade Amigos da Cinemateca.

O LabTEVE está participando em 2 sub-projetos do projeto principal Virtualidade Imersiva e Interatividade Baseada em Cloud Computing coordenado pelo Departamento de Computação da Universidade Federal de São Carlos.

Os 2 sub-projetos são:

  1. Arqueologia Interativa (representa a Pedra de Ingá tridimensionalmente)
  2. Arte Itinerante com Museus Virtuais (representa um museu tridimensional para exposição de acervos diversos)

Iremos expor os resultados de nossos projetos na 1ª Feira de Inovação Tecnológica Audiovisual. Entre 1 a 6 de abril, eu, Herminegildo (@hrneto) e a professora Liliane estaremos em São Paulo para realizar esta tarefa.

Abaixo vão fotos ilustrativas do que nós exporemos lá.

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑